Carrie | Resenha

O livro conta a história de Carrie White, uma jovem que sofre bullying na escola por ser diferente, ela teve uma criação muito diferente...



O livro conta a história de Carrie White, uma jovem que sofre bullying na escola por ser diferente, ela teve uma criação muito diferente pois sua mãe é extremamente religiosa e acredita que coisas como a menstruação é um castigo divino. Carrie cresceu com a ausência de amor materno e as várias restrições que, quando infringidas, rendia castigos macabros. Com tantos problemas, algo em Carrie começou a ganhar poder, e esse poder lhe daria a chance de vingar-se de todos que um dia lhe fizeram mal.

Uma obra do gênero terror. Essa edição foi publicada em 1983 com o selo Grandes Sucessos da Abril Cultural. Considero esse livro um achado maravilhoso, comprei na ultima bienal do livro que teve em Salvador por R$10,00.

Stephen King é um autor legal, e uma característica que parece ser recorrente é deixar todo o terror e emoção para o final, e isso não foi diferente com Carrie. São 182 páginas com a narração dividida entre a personagem principal e citações de livros e jornais que no futuro relatam o que aconteceu com Carrie. Eu achei isso meio bagunçado e em partes até desnecessário, as citações invadem a narração da Carrie para falar sobre algo do futuro da personagem e o seu problema, como se estivessem estudando o comportamento da Carrie. Ficou bagunçado, mas como essa edição é antiga, espero que na edição mais recente da Editora Suma seja mais organizada.

Leia Também

0 comentários

Compartilha com a gente a sua opinião <3