A viagem, A chegada e o Primeiro dia de aula | Diário de Bordo

Depois de me despedir do mar e de tudo que conheço, é hora de partir, todos estavam me perguntando sobre o friozinho na barriga e eu hon...



Depois de me despedir do mar e de tudo que conheço, é hora de partir, todos estavam me perguntando sobre o friozinho na barriga e eu honestamente não senti. Parece estranho mas realmente não tive o friozinho na barriga, ou a ansiedade de chegar. Ainda não sabia o motivo de tanta tranquilidade. A viajem foi calma, as sete horas de viajem rendeu bons cochilos e algumas reflexões pessoais que só a janela de um ônibus pode trazer, finalmente havia descoberto o motivo de tanta tranquilidade. A ultima vez que havia feito aquele mesmo trajeto, estava triste e sentindo um enorme vazio, meu pai não teve a oportunidade de saber que eu estava realizando um sonho, mas dessa segunda vez, todo o sentimento que tomava conta era aquela felicidade de estar indo fazer o que eu sempre quis, é tão certa a escolha que fiz.

O inverno em Petrolina rende bons ventos frios, a velha jaqueta do meu pai era de fato extremamente confortável e quentinha. O dia seria longo, teria que esperar durante nove horas até embarcar no próximo ônibus rumo ao destino final. Quando chegamos em São Raimundo Nonato, estávamos completamente cansadas e as várias malas não contribuíam em nada para o nosso descanso. Da rodoviária até a residência universitária rendeu alguns minutos de conversa com o taxista que falou sobre a cidade, quando finalmente chegamos tudo que fizemos foi tomar banho, comer e dormir.

Já instalada no meu novo quarto, era hora de limpar! A casa é bem preservada e em breve descobrirei os desafios de morar com 24 pessoas, mas por enquanto a curiosidade mesmo fica em descobrir que tipo de pessoa é a minha colega de quarto. Minha mãe está bem contente com a cidade, é pequena mas muito bonita, o que de fato me interessa é a faculdade e tudo que ela tem a me oferecer.

Finalmente o primeiro dia de aula! Minha mãe já foi embora e estou por conta própria, quão adulto isso pode parecer?! Achei que ao menos no primeiro dia de aula o tal friozinho na barriga iria surgir mas nada aconteceu. Eu ainda estava tranquila e muito curiosa para saber o que estava por vim. As matérias do primeiro semestre só me faz ter ainda mais interesse, realmente fiz a escolha certa.

O Piauí é muito diferente da Bahia, enquanto lá a praia estava sempre tão perto, aqui as paisagens refletem muito do clima seco, mas a beleza que a Serra da Capivara tem é incomparável! Acordar e abrir a janela só para ver as curvas da serra... O pôr do sol consegue deixar a paisagem ainda mais bonita. Acompanhar o ritmo do curso até agora está fácil, apenas duas semanas de aula não deu para assustar, apesar do fato de já ter prova marcada e várias coisas para ler. A empolgação de estar realizando um sonho de infância continua firme e forte.


Instagram / Twitter / Facebook / Skoob 




Leia Também

2 comentários

  1. Vaneza, indiquei seu blog para o Prêmio The Mistery Blogger Award, dá uma passadinha no meu cantinho!

    http://mundoliterariodacecy.blogspot.com.br/2017/07/premio-mistery-blogger-award.html

    ResponderExcluir

Compartilha com a gente a sua opinião <3