Cinco dicas infalíveis para aprender inglês em casa!

      Quem nunca ouviu a seguinte frase: "Quem não sabe um segundo idioma, está praticamente fora do mercado de trabalho"? Eu já ...


      Quem nunca ouviu a seguinte frase: "Quem não sabe um segundo idioma, está praticamente fora do mercado de trabalho"? Eu já ouvi e muito, mas quando eu tinha uns 12 anos, tudo que eu queria era aprender espanhol, quando finalmente ia fazer um cursinho, a minha mãe me matriculou para fazer inglês e eu fiquei muito aborrecida! Eu odiava inglês! Achava super difícil e só queria saber de espanhol e para resumo de prosa, cursei inglês por um ano e acabei me apaixonando pelo idioma!

      Não é nada difícil, principalmente por ser um idioma que bem ou mal, você viu o verbo to be na escola. O cursinho que fiz foi sensacional, mas sei que muito do que aprendi poderia ter se perdido no tempo e claro que em um ano de cursinho também não me fez ser fluente. O que eu quero dizer é que mesmo indo ao curso, eu poderia ter saído de lá sem saber nada, mas eu me dediquei a estudar em casa e por conta própria. Hoje eu me sinto confiante em conversar com alguém em inglês, morrendo de vergonha, mas consigo. Mas vamos para de enrolação e ir ao que realmente importa, cinco dicas que funcionaram comigo e que pode ser bem útil para você!

1  Aumentar o vocabulário 
Aprenda palavras simples como: nome de animais, lugares, cores, números, nome de objetos e verbos. Quando chegar a hora de montar frases, você já tem um vocabulário interessante. Que tal todo dia abrir um dicionário no aleatório e aprender uma palavra nova?

Duolingo
Eu uso o Duolingo, e já fiz resenha aqui no blog sobre esse aplicativo completamente gratuito e muito eficaz! Você treina a escrita, tradução e pronuncia de forma simples, rápida e onde você preferir, no celular, no tablet ou no computador. Resenha aqui!

3  Ouvir músicas acompanhando a letra e tentando traduzir
Música nacional é boa, mas a gente sabe que aquela playlist internacional rola louca aí na sua casa. Vamos tirar proveito disso também! Uma das coisas que mais me ajudou na pronúncia foi ouvir músicas e cantar acompanhando a letra. Não precisa ser uma diva pop, pode cantar desafinado no banheiro! E aproveitando a oportunidade, tenta fazer uma tradução da música! Se não souber por onde começar, indico começar com músicas mais fáceis, que tal The Beatles? Hello goodbye, Jude, Help... Não falta música fácil!

4  Séries e filmes com áudio original e legenda 

Para os viciados em séries, o tempo que você aplica assistindo séries pode ser também um tempo dedicado aos estudos do inglês. Assistindo séries você pode aprender gírias, um vocabulário mais "jovem" e frases prontas, aí quando a sua mãe disser "sai do Netflix" você diz que está estudando inglês. É a perfeita união do útil ao agradável.

5  Fazer amigos virtuais que tenham o inglês como primeiro idioma
Todo cuidado é pouco quando o assunto é amigo virtual, mas poxa, no instagram tem um monte de gente legal, manda direct falando o quanto você quer praticar o seu inglês, uma boa dica também é curtir páginas internacionais no facebook e tentar interagir nos cometários. Na verdade, tem uma página brasileira que é ótima, aprenda muitas tretas em inglês na página How To Learn English, sempre me acabo de rir com as postagens e os comentários!

      Mas antes de seguir qualquer uma dessas dicas, tira da sua cabeça que é algo difícil ou impossível, muito pelo contrário, é fácil quando você quer aprender e se dedica ao máximo. E eu nem preciso mencionar a importância né? Tanto para trabalho quanto para o lazer, facilita muito se você sabe inglês. Espero que essas dicas te ajude e o mais importante, te motive, você é capaz, acredito em você.

Leia Também

2 comentários

  1. Vaneza, eu preciso por em prática todas estas dicas! Sabe quando você acha que fazer um curso é o bastante? As coisas vão entrar na sua cabeça, pelo simples fato de você estar em um curso? Foi isso que devo ter pensado! Preciso me dedicar!!! Obrigada pelas dicas! Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também pensava assim! Fazer o curso deve bastar, e isso é um erro enorme! Além de estar jogando dinheiro fora, é um tempo precioso que não aproveitamos com sabedoria. Se dedica aí e logo logo você vai ver os resultados!

      Excluir

Compartilha com a gente a sua opinião <3